“Nessa vida já sofri demais, chorei demais, apanhei demais, fui otária demais. Porra! Tá na hora dessa minha vida ter uma mudança. Quero chorar só por causa do filme que teve um final feliz ou por algo alegre que me emocionou. Sofrer só por algo importante e não pelo cara que eu amei e ele não me correspondeu. Quero viver! Viver alegre, viver amando, viver sorrindo. Quero dançar mais, beber mais, enlouquecer mais, divertir mais. Ter novos amigos, novos lugares pra ir, novos costumes. Tudo novo nessa nova fase que está por vir. Novos amores… Amores que realmente façam-me feliz. Quero sair e não ter hora pra voltar. Quero beber e fazer as típicas loucuras de bêbados. Quero fazer loucuras sem ter medo das consequências. Quero amar e ser correspondida. Quero comer Mc Donald’s sem me preocupar se vou engordar. Quero ter meu próprio estilo e dizer foda-se para sociedade que só sabe criticar. Quero ver o pôr-do-sol na praia, quero aprender a surfar, quero poder viver perto do mar. Quero tomar banho de chuva e deixar a chuva lavar a minha alma. Quero paz dentro de mim. Quero viajar mais, conhecer mais, aprender mais. Quero recompensar todo esse tempo perdido. Quero ser feliz!”
Home Ask Twitter Instagram Tchau
E ninguém sabe se isso vai durar uma noite, ou uma vida inteira. Consumimos amor demais sem saber quanto tem no estoque. Nos tornamos dependentes de uma droga que anda e fala. Abstinência de alguém é o pior vicio.

Sean Wilhelm.    (via abreviadas)

Eu sou complicada mesmo. Sou chata mesmo. As vezes não compreendo o que devia entender, não sei deixar pra lá o que devia deixar pra lá, transbordo emoções e não é qualquer um que aguenta minha tempestade de defeitos, erros, sentimentos. dramas, nem eu aguento! Vou querer que alguém me suporte pra quê? E o pior é que eu quero. Eu quero alguém pra me abraçar, enxugar minhas lágrimas, ouvir meus sonhos loucos, segurar minha mão. Quero uma ancora pra me firmar quando a tempestade vir. Alguém que perdoe meus vacilos, minhas mancadas, minhas paranoias, minha risada estranha, meus gritos, meu choro, meu drama, meus traumas, minha variação de humor constante, é tanta coisa. Eu sou complexa demais, mas eu quero alguém comigo. É pedir demais? Alguém pra envelhecer comigo, pra rir, chorar, superar todas as pancadas. A vida não cuida de ninguém, a gente precisa de um amor! Eu quero um colo, um abraço pra morar nos dias frios, um beijo que seja só meu. Sou confusa, difícil e tudo mais. Admito! Então perdoa tudo isso e me deixa mudar devagarzinho o que tiver pra mudar e continua sendo meu refugio, o meu “pra sempre”…

 O meu amor é todo seu, criptogra-far  (via inconstituida)

Saudades? A gente sente, mas as vezes se afastar é a melhor coisa fazer.

Projota   (via maluca-vida)

Só fica comigo, tá? Mesmo se eu vacilar, mesmo se eu te mandar embora, se eu fizer a maior burrada do mundo. Fica comigo. Porque eu preciso do seu amor, preciso do seu carinho, do seu afeto, e mais do que tudo, eu preciso de você. Só fica, tá bom? Não vai embora, por favor.

Because I love you.  (via apensei)

Mas cara você pode ficar com várias, sair com muitas, rir e se distrair com tantas pessoas, mas não adianta, o seu coração escolhe uma única para amar, e mesmo que você passe o dia todo sorrindo, a falta daquela pessoa pesa.

Frankfurt 1992 - aventurador.   (via eternizaveis)

A gente tá na idade de tentar uma, dez, cem, mil vezes! Se der errado de novo, qual é o problema?

Fatinha.   (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)

Eu tenho certeza absoluta que nenhum segundo ao seu lado é por acaso.

 Tati Bernardi.      (via eternizaveis)

Como a ausência de um alguém pode doer tanto?

Transcurar.    (via morterizada)

E aquela noite que você acabou pegando no sono e eu fiquei ouvindo você dormir, pois não conseguia deligar o telefone, eu tive a certeza de algumas coisas. Que aquele silêncio era o mais lindo que já tinha ouvido, que quero ouvir esse silêncio toda as noites da minha vida, que estou amando você.

Olhar de uma apaixonada. Bia Maria, adesejar.  (via adesejar)

Com amor, a gente consegue dar a tal volta por cima. Com amor, as lágrimas um dia cessam. Com amor, o sorriso volta outra vez para a alma. Com amor, um dia frio pode ser quentinho. Com amor, a tela branca ganha formas. Com amor, a respiração acalma. Com amor, o abraço conforta. Com amor, o olhar se encontra e se entende. Com amor, as bocas conversam sem som. Com amor, um entende o outro com o silêncio. Com amor, as feridas secam e criam casquinha. Com amor, o que ficou pra trás não importa. Com amor, o presente é urgente. Com amor, o futuro não assusta. Com amor, o perdão é sincero. Com amor, nada parece tão complicado. Com amor, é fácil ter fé. Com amor, as dificuldades são vencidas. Com amor, a gente enxerga beleza onde não tem. Com amor, o riso surge. Com amor, os fantasmas fogem. Com amor, enxergamos corações em todos os lugares. Com amor, a fera vira bela. Com amor, até a alma mais dura se transforma. Com amor, o medo se dissipa. Com amor, o equilíbrio volta para o lugar de onde nunca devia ter saído. Com amor, a gente só soma. Com amor, você tem tudo. E eu também.

Clarissa Corrêa.  (via inverbos)